Invisível… Até para elas!

Invisível... Até para elas...

Sabe quando a gente reclama de que por ser mulher as coisas são mais difíceis? A gente reclama do machismo institucional... Aquele que já vem junto com as fraldas e nos é empurrado goela abaixo desde sempre. Então, um dia, vc acorda. E tenta estar lá pq mesmo sem querer sua mãe te ensinou que sim, vc pode, e vc não vai desistir! E mesmo com calos nos dedos, vc está lá! Sorrindo e sem parar de tocar. Mesmo sem voz, vc cantar, e no tom deles pra não acabar com o “axé”. Afinal eles são maioria em todo lugar. Vc coloca roupas no varal, prepara a comida, recebe o dinheiro e os convidados, mas o valor está na cor pendurada em sua cintura e reconhecimento não é para vc... E mesmo assim, vc estará lá! E as pausas... Aaaah, as pausas... Pelas obrigações de trabalho 24/7! Pausas mensais... Pausas por “9 meses”... E essa pausa gera várias outras, pois agora sim vc vai abrir mão de tudo por eles e mesmo assim, vão usar isso para te enfraquecer, como se fosse um defeito e não “a pausa” de onde todos viemos. Pausas por treinar tanto, tentar tanto um movimento, que a coluna, os joelhos não aguentam. E na hora da verdade, vale mais quem pula alto! Mesmo assim, vc persiste, cai e levanta... Tenta de novo. Estuda... Faz um monte de cursos... Prepara um material “bacana”. Está a frente de trabalhos, tem alunos e se dedica a não apenas “rolar a bola”, mas inspirar as pessoas a joga-la... Mesmo assim vc nunca terá o mesmo espaço reservado a eles! Se olhar bem as fotos, vai reparar que elas são poucas, na verdade nenhuma na maioria dos casos e por isso mesmo vc faz questão de estar lá! Seja bom ou ruim, pelo menos uma de nós estará nessa ou naquela recordação, atente ao se posicionar no meio deles, para que não seja cortada ao postarem. E mesmo tento uma história tão grande ou até maior na mesma estrada, eles vão te qualificar como a “mulher” de alguém. Como se vc começasse a existir depois desse ou daquele relacionamento e mais uma vez te desmerecer por quem vc é! Invisível... Nós nos tornamos transparentes para a maioria... Mas já “sacaram” a minha... Já cheguei até aqui e acho que entenderam que “aqui não violão”!!! Mas confesso que uma das poucas coisas que me desanimam é ver que ELAS, tbm alimentam todo esse processo! Não levantar a estima da outra. Não postar, compartilhar o que a outra faz ou quando o fizer, comentar sobre a roupa ou o cabelo que não estava como o padrão, não nos fortalece. Olhe para os lados e veja que vc tem feito deles sempre maior que nós mesmas! Conviver comigo é mesmo complicado... Não preciso da superficial gostosa, perfeita, com decote cavado para ganhar likes, emoticons e mensagens dos machos mais famosos do pedaço. Me dou com as meninas, mulheres, descabeladas e profundas! As que sentem pelas outras, que somam, compram a briga e não desistem de lutar. As que mandam o padrão para o quinto dos infa e junto, o que “ELES” esperam de vc! A gente só vai se livrar dessas amarras nos valorizando... Pois por eles, está ótimo como está! Não se curve. Não pare! Se precisar, me chame!!!

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • Twitter Social Icon